Telefone: (31) 3292.8477 – 3286- 1433

Calvice é um drama que atinge muitos homens. Já em mulheres, embora seja mais raro, também é um problema que pode atingi-las qualquer que seja a faixa etária. O aperfeiçoamento das técnicas de transplante capilar, no entanto, tem atraído cada vez mais o público feminino, que muitas vezes só têm este recurso como opção.

Os avanços na tecnologia permitem resultados cada vez mais naturais e procedimentos mais rápidos e acessíveis. Mas estamos falando de uma solução cirúrgica, então é preciso conhecer bem o procedimento:

Indicação

O transplante de cabelos é indicado quando há um grau avançado de rarefação capilar e quando a paciente tem uma área doadora na região da nuca que permita que se obtenha uma quantidade razoável de unidades foliculares para ter uma boa densidade.

Procedimento

O principio básico do transplante é um só: transferir os folículos pilosos da parte posterior da cabeça para frente. Ocorre em duas etapas:

1ª Etapa: COLETA das mudinhas (unidades foliculares) da parte de trás da cabeça pelo método FUE ou por FUT.

Na técnica FUT uma faixa de couro cabeludo é retirada da parte posterior da cabeça e costurada. A partir desse momento duas equipes passam a atuar: uma equipe fragmenta a faixa em unidades foliculares de 1 a 3 folículos enquanto a outra equipe, simultaneamente,  implanta as unidades foliculares na frente.  Já na técnica FUE  é retirado mais de mil unidades foliculares de 0,8 a 1 mm espalhados na parte de traz da cabeça usando uma espécie de vazador rotativo operado por um aparelho manual motorizado ou por um  robô.

2ª Etapa: INTRODUÇÃO ou COLOCAÇÃO das mudinhas na parte da frente da cabeça, independente do modo de coleta FUT ou FUE.

Duração

Geralmente a cirurgia dura de seis à dez horas e deve ser feita em hospital e com um anestesista acompanhando todo o procedimento. Antes o paciente tem que fazer exames pré-operatórios e uma avaliação cardiológica para assegurar a máxima segurança do procedimento. Normalmente é usada anestesia local junto com sedativos, há alguns casos específicos em que se usa a anestesia geral.

Dor

A dor é relativa, mas a maioria dos pacientes relatam sentir dor na região doadora – onde é retirado os cabelos transplantados.

Recuperação

É necessário três dias de repouso absoluto e o retorno às atividades físicas intensas apenas 30 dias após o transplante. A cabeça pode ser lavada apenas quatro dias após o procedimento e é indicado o uso de produtos que estimulem o crescimento dos fios. A região mais crítica na recuperação é a parte da frente onde o cabelo é colocado e não a parte de trás da cabeça de onde ele é retirado.

Resultado

Em média, após um mês da cirurgia os cabelos implantados caem. Já os definitivos começam a nascer de três a quatro meses depois do procedimento.   Para mais informações sobre transplante capilar acesse a página do nosso site.

Leave a reply